CBN Tocantins
FURTO DE ENERGIA | 11 de Março de 2019
17 prisões foram feitas só este ano no Tocantins

Manipular o medidor de energia para não pagar a conta de luz é crime e pode provocar acidentes fatais. O furto de energia e as fraudes no relógio medidor são crimes previstos no Código Penal, no Artigo 155. No Tocantins, só este ano segundo a Energisa foram feitas 8.600 fiscalizações, 1700 autuações e 17 prisões. O último caso de furto de energia foi registrado em Araguaína na última semana.

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre