Participaram 22 pessoas, entre pais, mães e filhos com idade entre sete e 17 anos. A ação teve o intuito de propagar a cultura da paz entre as famílias que passam por conflitos após o fim do casamento ou dissolução da união estável. Durante as quatro horas de oficina, os inscritos receberam cartilhas elaboradas pelo Conselho Nacional de Justiça e orientações sobre o process...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre