Foram suspensas todas as audiências de conciliação da pela Prefeitura de Palmas, por meio da ARP, Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos da Capital até o dia 3 de abril.  A medida é temporária e é em razão a prevenção da disseminação do Coronavírus, conforme decreto de situação emergencial. Ainda de acordo com o Executivo, as suspensões podem ser prorrogadas conforme nova avaliação do Município. Sobre as novas datas, as partes serão intimadas para as novas datas das audiências de conciliação que serão estabelecidas futuramente.