Foram suspensas todas as audiências de conciliação da pela Prefeitura de Palmas, por meio da ARP, Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos da Capital até o dia 3 de abril.  A medida é temporária e é em razão a prevenção da disseminação do Coronavírus, conforme decreto de situação emergencial. Ainda de acordo com o Executivo, as suspensões p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha da prefeitura decretar lockdown em Palmas?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não tenho uma opinião formada