CBN Cozinha
CBN COZINHA | 17 de Abril de 2020
O que comprar para abastecer a dispensa no período de quarentena?
Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Neste momento de Pandemia da Covid19, onde muitas pessoas estão em quarentena, respeitando as orientações de ficar em casa, é hora de fazer as compras para abastecer a dispensa se tornou muito importante, pois conciliar as nossas tarefas diárias, com isolamento, não é nada fácil, principalmente quando temos que decidir o que comprar para abastecer nossas dispendas, evitando ir muitas vezes ao supermercado. No programa CBN Tocantins desta sexta-feira (17) a chefe de cozinha, Malena Mota dá dicas do que comprar para abastecer a dispensa no período de quarentena. Ouça a coluna!

DICAS DA MALENA

1º Dica:

*Não sair de casa sem uma lista de compras, faça uma lista de compras com base no que você ainda possui na sua dispensa, no seu armário, na sua geladeira, para que você possa comprar apenas o necessário, o que realmente esteja faltando, evitando assim, muitas idas ao supermercado, e para que você possa fazer um consumo consciente, pois esse é o momento de pensar também no próximo, evitando que falte produtos para outras pessoas, e claro o gasto excessivo.

2º Dica:

Vamos pensar nos alimentos que vamos comprar, principalmente buscar àqueles que possuam durabilidade maior, e possam ser guardados por mais tempo, e que também possam ser essenciais ao dia-a-dia, como feijão e arroz. Importante também, pensar em alimentos que possam ser multifuncionais, que possam ser utilizados em várias preparações, como os flocos de milho, o trigo, ovos, etc. O bom mesmo é fazer um planejamento das receitas que você vai preparar para a sua família, mas se você não consegue planejar isso com antecedência, não tem problema, vamos te ajudar a fazer um planejamento por grupo de alimentos, que certamente vai te ajudar a fazer uma compra mais assertiva, e evitar o desperdício.

*Alimentos Perecíveis: São os alimentos que as pessoas têm comprado em grandes quantidades, fazendo estoques em casa, pois eles são os que duram mais, mas cuidado com esse estoque, sua alimentação pode ficar repetitiva, enjoativa, sem contar que pode faltar esse alimento para outras pessoas.

Arroz, feijão e macarrão faz parte da nossa cultura alimentar no Brasil, mas não se prenda apenas a esses alimentos, pois é possível diversificar bastante nessa categoria de alimentos, por exemplo:

Flocão de Milho – Quem aqui no Tocantins não ama um bom cuscuz? Ele pode ser doce ou salgado, simples ou recheado. E, além do cuscuz é possível fazer várias outras receitas com o flocão, como polenta, bolos, mingaus, etc.

Quinoa – É considerada um super alimento, com propriedade nutricionais comparadas ao leite materno, além disso, é muito versátil, e dela é possível extrair leite, fazer cuscuz, saladas, risoto, quibe, etc.

Grão- de-Bico -  É uma espécie leguminosa muito apreciada na Índia e no mediterrâneo. Com o grão-de-bico podemos fazer receitas fáceis, saborosas e debaixo custo. Alguns exemplos são os estufados e guisados de grão-de-bico com chouriço e toucinho, grão-de-bico com arroz ou salada de grão-de-bico. Na cozinha oriental serve-se com especiarias exóticas como o curry e a páprica. E claro não nos podemos esquecer do maravilho homus que podemos fazer através do grão-de-bico.

Lentilhas - As lentilhas são um legume de uma riqueza considerável no que diz respeito aos benefícios nutritivos que fornecem. São um dos pilares da dieta mediterrânea. Podem ser servidas com chouriço, salsichas ou com verduras como a cenoura ou as batatas. Também são ideais para combinar com especiarias exóticas como o curry e a páprica.

Aveia - A aveia é excelente para o corpo humano em vários sentidos. Trata-se de um alimento rico em fibras e nutrientes que ajuda a regularizar o intestino, baixar o colesterol, controlar a diabetes e ainda fornece minerais importantes. Com ela é possível fazer bolos, mingaus, crepes, panquecas e até hambúrgueres.

Granola – É uma mix de vários grãos e castanhas, e pode ser consumida pura ou acompanhada de iogurte, cremes, etc.

Farinha de Trigo – Café da manhã e lanches, principalmente para quem tem criança é fundamental, e muitos dos alimentos comprados prontos, como bolos e pães, possuem prazo de validade muito pequeno, então, aproveitando que estamos em casa, que tal preparar bolos, pães, e até se arriscar em fazer uma massa caseira, tortas salgadas, aquelas mesmo de liquidificar.

Massa de Tapioca – Nós aqui amamos tapioca, seja simples ou recheada, e também uma série de outras preparações, como bolos, pão de queijo, crepioca, e muitos outros.

Chocolate em Pó – Eu prefiro comprar aqueles 100% cacau e sem açúcar, pois ele nos permite fazer diversas preparações, bolos e coberturas de bolos, biscoitos, sobremesas, e ainda fazer o leite com chocolate do seu filho.

Café, chás (Importante não exagerar no café nesses dias, o chá pode ser uma boa opção).

Não esquecer dos condimentos e temperos, como pimenta do reino, as ervas desidratadas também são boas opções.

Azeite e óleos não podem faltar na sua lista, principalmente um bom azeite extra virgem, cai bem em muitas preparações.

Conservas

Geralmente procuro evitar alimentos em conserva, mas nesses dias de pandemia, é bom ter alguns produtos que possam te salvar, mas utilize sempre com moderação.

Atum – Escolha preferencialmente aqueles que são conservados em água e sal

Sardinha – Prefira aquelas conservadas apenas com óleo e sal.

Creme de leite – Prefira os enlatados, eles são menos processados, eu gosto de usar o fresco, mas, além de ser difícil de encontrar, o prazo de validade é bem pequeno.

Tomate Pelati – Uma boa opção para preparar molhos a base de tomate, bem mais saldáveis que os molhos prontos, além de claro, ficar mais gostoso.

Obs.: Tome cuidado ao comprar os enlatados, observe se as latas não estão amassadas ou estufadas, isso pode indicar que passou do prazo de validade, ou que teve contato com bactérias, e podem causar danos à saúde.

Carnes e derivados – Existem carnes secas conservadas e curadas apenas no sal, são as mais indicadas. Prefira também bacon e linguiças que foram defumadas, pois esse processo faz um cozimento na fumaça, o que acaba preservando o alimento por mais tempo.

Leite – Base de vários preparos, não pode faltar na lista, principalmente que tem criança em casa.

Alimentos não perecíveis

Acelga/Repolho – São alimentos que podem ser usados em várias preparações, e que tem um tempo de durabilidade bem maior que as folhas verdes.

Folhas Verdes (Alface, Rúcula e couve) – Higienizados e armazenadas de forma correta, elas vão durar até duas semanas.

Ervas Frescas – Também higienizados e armazenadas de forma correta, elas vão durar até duas semanas.

Couve-Flor e Brócolis – Se você comprou bastante, a dica é fazer o branqueamento e congelar.

Abóbora – Tem o tempo de durabilidade muito bom, enquanto não for cortada, ela pode ser guardada fora da geladeira.

Cenoura/Batata/Cebola, Beterraba e Alho – Elas são tem o tempo de durabilidade muito bom, além de servir para diversas preparações.

Não significa que você não possa comprar outros alimentos, que possuam prazo de validade menor, como abobrinha, berinjela, apenas consuma esses alimentos primeiros, e invista mais nos alimentos com maior durabilidade.

Frutas

Laranja e Limão – Além de durar bem, são fontes de vitamina C, muito importante nesse momento. E, podem ser usados para sucos, molhos e temperos.

Maçã – É uma fruta que também tem uma durabilidade maior e podem ser usadas em diferentes preparações.

Carnes

É possível fazer um menu bem diversificado sem gastar muito, mesclando as várias opções de carnes. Lembrando que chegando em casa é preciso porcionar a quantidade diária da sua residência, para congelar apenas a quantidade correta, sem deixar de colocar as etiquetas dos produtos.

Suína – Hoje é possível encontrar essa carne de qualidade e com bom preço, vale a pena investir.

Carnes Bovinas – Os cortes de bifes de contrafilé ou alcatra são bem práticos. Uma opção barata, gostosa e muito versátil é o musculo, com ele você pode preparar carne moída para diversas preparações, como almondegas, molhos, bem como uma boa carne de panela.

Ovos – Sem sombra de dúvidas, que esse ingrediente não pode faltar nas suas compras, ele vem do café da manhã ao jantar, são inúmeras as preparações que podemos utilizá-lo.

Queijos – Prefira os maturados, como parmesão, eles duram mais.

Iogurte – Prefira os naturais e sem açúcar, pois nesses há mais possibilidades de trabalhar diversas receitas, como bolos, molhos e etc.

Manteiga – Fundamental no preparo de diversas receitas, prefira a manteiga mesmo, evite a margarina.

Pão – Como esse produto tem um prazo de validade bem pequeno, é possível conservá-lo na geladeira, pode também aproveitar para fazer torradas, croutons, brusquetas, etc. Quando for congelar os pães, você deve coloca-los em sacos plásticos limpos, na hora que for utilizar, não precisa descongelar, coloque-os direto no forno ou frigideira para aquecer.

Como armazenar os ingredientes

É essencial ter na cozinha potes de vidro, potes de plástico hermeticamente fechados, bombinhas de sacos plásticos, papel filme e papel toalha. Nada de reutilizar sacos do supermercado para guardar alimentos.

Cebolas, batatas e abóbora – Podem ficar na fruteira.

 

 

 

 

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha da prefeitura decretar lockdown em Palmas?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não tenho uma opinião formada