Depois de cumprir novas diligências e reforçar as provas colhidas, a Polícia Civil por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa de Palmas, reenviou ao Ministério Público Estadual o inquérito civil sobre o caso da professora Danielle Cristina Lustosa, morta em dezembro do ano passado. O principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima, o médico Álvaro Ferreira d...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre