Doze reeducandos do Tocantins da Cadeia Pública de Arraias conseguiram vagas na UFT, Universidade Federal do Tocantins, para os cursos de Turismo Patrimonial e Socioambiental, Matemática e também Pedagogia, no campus da cidade. Este ano, 478 pessoas privadas de liberdade do sistema prisional fizeram as provas do Enem PPL e 269 tiveram pontuações aptas para efetuar inscrição n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre