A partir do dia 16 de julho a emissão de extratos previdenciário do trabalhador, também conhecido como CNIS, será feita pela Internet, no site do INSS, Instituto Nacional do Seguro Social , no link “Meu INSS”, ou por agendamento para buscar o extrato em uma unidade de atendimento do INSS. O objetivo da mudança nesta nova sistemática para consultas ao extrato previdenciário é para melhorar o fluxo de atendimento nas agências, segundo o Instituto. Nos últimos doze meses, foram mais de 9 milhões de atendimentos para a obtenção dos extratos e mais de 9 milhões para pedidos de benefícios nas agências do INSS. Outros serviços que passarão a ser atendidos somente mediante agendamento são consultas ao Histórico de Crédito de Benefício, Carta de Concessão, Extrato de Empréstimo Consignado, Extrato de Imposto de Renda e Consulta Declaração de Benefício.