O Estado publicou leis regulamentando o pagamento da data-base dos servidores estaduais. Cerca de quatro mil servidores serão beneficiados.  Foram publicadas pelo Executivo Estadual oito normas, que tratam também sobre o reajuste dos servidores da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria e Tribunal de Contas. Em se tratando dos servidores do executivo, o pagamento vai ser parcelado. O governo definiu pagamento da data-base referente aos anos de 2016/2017 e 2017/2018. Em relação ao primeiro período, o percentual é de 3,98% e será divido em três parcelas. Segundo o governo, o primeiro pagamento foi em maio e os outros dois serão nas folhas de julho e setembro. Já o reajuste de 2017, com percentual de 1,69% será quitado em novembro deste ano. No diário oficial está disponível uma lista com o nome dos servidores que terão direito a progressão. No Tribunal de Contas Estadual, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Assembleia Legislativa, a revisão dos vencimentos alcançou 2,07% para os salários de funcionários efetivos e comissionados. Já a Defensoria Pública o reajuste para servidores efetivos, comissionados e funções de confiança foi menor, de 1,61%, relativo à data-base de 2018.