O Estado realizou esta semana a  quinta captação de órgãos no Hospital Geral de Palmas, e a primeira de 2019. A doação foi da família do jovem Gimenes Quezado de 35 anos que sofreu traumatismo craniano e teve o diagnóstico de morte encefálica confirmado.  Ele era estudante de direito da Universidade Federal do Tocantins e colaria grau no dia 1º de f...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha da prefeitura decretar lockdown em Palmas?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não tenho uma opinião formada