A Justiça condenou por improbidade administrativa o ex-gestor do Fundo Municipal de Saúde de Gurupi, José Henrique Marinho de Oliveira. De acordo com o Judiciário, uma denúncia do Ministério Público Estadual apontou que deixou um deficit financeiro entre receitas e despesas de pouco mais de R$ 2 milhões de reais e comprometeu o equilíbrio fiscal do município, e por isso, terá que devolver o dinheiro com juros e correções monetárias. A determinação também confirmou a suspensão dos direitos políticos de José Henrique Marinho de Oliveira por cinco anos. Ele esteve à frente do Fundo em 2011.