A justiça tocantinense determinou o cumprimento de medida alternativa por um homem acusado de manter pássaros em cativeiro, em Peixe, na região sudeste do Estado. Segundo consta no processo, ele mantinha ilegalmente 33 canários em um viveiro distribuídos em cinco gaiolas. A justiça entendeu que ele cometeu crime ambiental porque não tinha licença para a criação dos p...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre