Segundo levantamento recente da Secretaria de Saúde de Palmas, mais de quatro mil testes rápidos para detecção de Infecções Sexualmente Transmissíveis foram realizados no último mês de outubro na Capital. No total, foram 1.031 testes rápidos para sífilis, 1.083 para HIV, 842 para hepatite B e 1.091 para hepatite C. A partir das testagens, novos casos das infecções puderam s...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha da prefeitura decretar lockdown em Palmas?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não tenho uma opinião formada