O Governador do Tocantins, Mauro Carlesse, do PHS, foi um dos 13 chefes de estado que assinou uma carta aberta contra o decreto do presidente, Jair Bolsonaro, que flexibiliza as normas para porte e posse de armas no país. A carta ressalta a preocupação dos governadores com o abrandamento das normas. Um dos trechos do documento diz “julgamos que as medidas previstas p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha da prefeitura decretar lockdown em Palmas?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não tenho uma opinião formada