Mais um pedido de cassação do governador Mauro Carlesse e do seu vice Wanderlei Barbosa feito pelo Ministério Público Eleitoral em um pouco mais de um mês. Desta vez, o procurador da república Álvaro Manzano baseou o pedido no ato que extinguiu mais de 15 mil contratos temporários no dia 1º de janeiro. O argumento do Ministério Público Eleitoral é que a extinção dos contratos é...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre