O Ministério Público Estadual quer maior rigidez na fiscalização do comércio ilegal de carnes em Palmas. A exigência foi feita durante reunião com órgãos estaduais e municipais ligados à saúde. O que o MPE quer é a criação de uma força-tarefa para combater a venda de carne clandestina em Palmas por meio de um plano de ações. A maior preocupação é com a saúde do consumidor q...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha da prefeitura decretar lockdown em Palmas?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não tenho uma opinião formada