Os 139 municípios do Estado têm até o dia 27 deste mês para apresentarem as impugnações sobre o IPM, Índice de Participação dos Municípios para aplicação 2020. O índice foi divulgado pela Sefaz, Secretaria da Fazenda e Planejamento, no dia 27 de junho e é um índice percentual calculado todos os anos  para cada município tocantinense, aplicado sobre o montante dos 25% do produto da arrecadação do ICMS (Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) pertencente aos municípios. Por meio desse Índice, o Estado viabiliza a entrega das parcelas pertencentes aos municípios do produto da arrecadação de impostos. As impugnações devem ser entregues por escrito, pelos prefeitos, presidentes de associações dos municípios ou por seus representantes legais, no protocolo geral da Sefaz. Após o prazo para apresentação dos recursos, o Conselho Especial para Elaboração do Índice de Participação dos Municípios, terá 30 dias para analisa-los e aprovar o IPM definitivo.