Em todo o país, o número de inadimplentes que pagaram dívidas  cresceu 4,93% em agosto deste ano no acumulado de doze meses, de acordo com dados do Indicador de Recuperação de Crédito medido pela CNDL, Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo SPC Brasil, Serviço de Proteção ao Crédito. Segundo o levantamento, esta é a alta mais expressiva desde 2015. O indicador demonstra que o volume de quitação de dívidas foi mais expressivo na região Centro-oeste, que cresceu 12,39%, seguida do Sudeste (8,31%) e do Nordeste (7,09%). Já nas regiões Norte (-10,38%) e Sul (-3,10%) houve queda na quantidade de inadimplentes que regularizaram sua situação financeira. A inadimplência atinge atualmente 41% da população adulta no Brasil.