Novas regras na regulamentação do Fundo Municipal de Desenvolvimento da Economia Popular e Solidária de Palmas podem tornar mais acessível a tomada de empréstimos junto ao Banco do Povo. Decreto publicado no último dia 22, substitui a apresentação do Alvará de Funcionamento para as pessoas físicas pela Declaração de Atividade Exercida, além de uma declaração que ateste não se tratar de servidor público. Outra mudança é o aumento de 15 para 30 dias, do prazo para apresentação das notas fiscais que atestem o uso do crédito obtido. Essa alteração vale para empréstimos voltados para aquisição de máquinas e equipamentos. O Banco do Povo disponibiliza linhas de crédito para pessoas físicas e jurídicas, com limites de até 10 mil e 20 mil reais respectivamente.