A Polícia Civil indiciou nove servidores do Hospital de Dianópolis e o Governo do Estado por descarte irregular de lixo hospitalar, que configura como crime ambiental. Entre os indiciados estão sete auxiliares de limpeza, o coordenador de limpeza e a diretora da unidade de saúde. O armazenamento e descarte irregular de lixo foram descobertos no começo de dezembro pela P...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre