Durante o segundo turno da eleição suplementar no Tocantins foram registradas quatro ocorrências de crimes eleitorais, conforme balanço divulgado pela Polícia Civil do Tocantins. Entre os crimes eleitorais, a venda de bebidas alcoólicas no distrito de Luzimangues, durante a vigência da "Lei Seca" na cidade de Porto Nacional. A comercialização de bebidas alcoólicas também ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre