Sete pessoas presas durante operação da Polícia Civil em Paraíso do Tocantins foram ouvidas pelo delegado responsável pelo caso, Wanderson Chaves. Segundo informou o delegado, dos quatro detentos da Casa de Prisão Provisória suspeitos de integrar uma organização criminosa que ordenava crimes de dentro da unidade prisional, dois foram identificados como cabeças da qu...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre