CBN Tocantins
CONCURSO PÚBLICO | 18 de Abril de 2019
Governo recua e não publica nomeação de novos policiais civis
Foto: Tharson Lopes / Governo do Tocantins
 Foto: Tharson Lopes / Governo do Tocantins

O ato que nomearia seis delegados, seis peritos e seis escrivães para o quadro efetivo da Polícia Civil do Tocantins deveria ter sido publicado no Diário Oficial de ontem, mas o Estado voltou atrás da publicação. Não foi estipulada nova data para a nomeação dos aprovados no Concurso Público da corporação realizado em 2014.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública a convocação dos 18 aprovados foi autorizada pelo executivo estadual a pedido do titular da pasta. O documento foi assinado pelo Governador Mauro Carlesse, do PHS, nesta quarta-feira, mas a nomeação só vale a partir da publicação do documento do Diário Oficial. É a partir da publicação que fica também estabelecido o prazo para que os convocados tomem posse de seus cargos.

Se publicada a nomeação, ainda ficam para trás 78 candidatos aprovados e que passaram pelo curso de formação, aguardando serem chamados. A primeira turma de convocados ocorreu em 2017, quase três anos após o concurso público. Ao todo, já foram convocados 409 profissionais. Mesmo com esse número, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins aponta o déficit de servidores no quadro efetivo da corporação. De acordo com a entidade, mesmo que sejam nomeados todos os candidatos restantes, o número ainda não é suficiente para suprir a demanda reprimida hoje no Estado do Tocantins.

Os convocados devem ser lotados, principalmente, no interior do Estado, onde o déficit de profissionais é maior.

Ainda de acordo com a Secretaria de Segurança Pública as nomeações também atendem às vagas que estão abertas em razão da aposentadoria de policiais civis.

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre