CBN Tocantins
CASO PEDRO CALDAS | 13 de Setembro de 2019
Júri popular não tem data, mas defesa acredita que será realizado ainda este ano

O julgamento da morte do médico Pedro Caldas que teve um traumatismo craniano em 2017 após ser atropelado segue sem data. Em agosto deste ano, a  família protocolou na Justiça um pedido de providências para continuidade do julgamento com imediata intimação das partes para apresentar o rol de testemunhas que irão depor no plenário do tribunal do júri. Acompanhe os detalhes com a repórter France Santiago.

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre