CBN Tocantins
APURAÇÃO DE CRIMES | 23 de Janeiro de 2020
Presos do Tocantins têm DNA coletado para identificação criminal
Foto: Reprodução/ TV Anhanguera
Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Uma medida obrigatória tomada no Tocantins e prevista na Lei de Execuções Penais conta com o DNA de mais de 500 presos coletados, o que pode auxiliar na identificação criminal. As coletas são obrigatórias para presos condenados por crime violentos, como estupro e assassinato. No Tocantins, o trabalho começou no ano passado. Acompanhe mais sobre o assunto na reportagem de Mayara Abreu.

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre