CBN Tocantins
HANSENÍASE | 10 de Dezembro de 2019
Coordenador Técnino da Semus comenta sobre as ações de combate a hanseníase na capital


Na manhã desta terça-feira foi realizado o último encontro dos membros do Grupo de Autocuidado em Hanseníase de Palmas. O ato no Centro de Referência em Assistência Social da 407 Norte, contou com a presença de representantes da Semus, Secrataria Municipal da Saúde, e de integrantes do Morphan, Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase. O Tocantins é considerado um estado hiperendêmico, em 2017 foram registrados 1.144 casos já em 2018 foram 1.632 positivos, destes 116 eram crianças menores de 16 anos.  O Fisioterapeuta e Coordenador Técnino da Hanseníase da Semus, Pedro Paulo Oliveira, comenta sobre a atuação do grupo e também sobre o combate a hanseníase em Palmas. Confira a entrevista!

Leia também


Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre