O Projeto Jeito de Mulher, idealizado pelo governo Estadual, está com matrículas abertas. São 15 vagas mais cadastro de reserva para cada turma. O projeto teve início em 2016 e já capacitou 210 mulheres de oito municípios: Araguaína, Araguatins, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Palmas, Paraíso e Porto Nacional, conforme levantamento da Setas, Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, órgão que executa o programa. O Projeto Jeito de Mulher foi criado com a proposta de geração de emprego e renda e conta com recursos de R$880 mil da secretaria de políticas para Mulheres, do Governo Federal, e contrapartida do Governo do Tocantins.  A meta, segundo o governo é atender um total de 435 mulheres, em especial as de baixa renda, na condição de desemprego ou subemprego, e aquelas que querem entrar no mercado de trabalho para atuar nas áreas propostas no projeto.