Na BR 153, no sul do Estado, radares fixos de 10 trechos localizados nas cidades de Alvorada, Cariri do Tocantins e Gurupi foram retirados por funcionários de uma empresa terceirizada a serviço do Dnit, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes. Segundo o Órgão, o objetivo da ação é em razão do fim do contrato com a empresa que fazia o monitoramento e que out...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre