Seis reeducandos da cidade de Gurupi, que utilizavam tornozeleiras eletrônicas foram para cadeia após descumprirem medidas judiciais, já que segundo informações da Polícia Militar,  alguns dos monitorados se ausentaram do domicílio sem autorização judicial e outros descumpriram as condições para o trabalho externo. A decisão judicial que decretou a regressão c...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre