Deve ser anunciada até esta quarta-feira, a redução da taxa Selic, Sistema Especial de Liquidação e Custódia, em razão da baixa inflação. Em março deste ano, o Copom, Comitê de Política Monetária do Banco Central, reduziu a Selic pela décima segunda vez seguida, de 6,75% ao ano para 6,5% ao ano, o menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986. A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Selic e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo.