No mês de fevereiro, a Capital registrou queda de 1,2%, atingindo o índice geral de 69%, no percentual de consumidores endividados, em relação à janeiro, conforme apontou a pesquisa que mede o endividamento e inadimplência dos consumidores de Palmas (PEIC) realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins. A inadimplência ficou em 13,6% e os que não terão condições de quitar suas dívidas em atraso em 0,4%. Nacionalmente a pesquisa registrou declínio de menos de 1%. O percentual de famílias que relataram ter dívidas alcançou 65,1% em fevereiro de 2020, com recuo em relação aos 65,3% observados em janeiro de 2020 e aos 65,6% registrados em dezembro de 2019. Houve alta, porém, em relação a fevereiro de 2019, quando o indicador alcançou 61,5% do total de famílias. Em todo o Estado, 61,2% dos entrevistados consideram-se pouco endividados.