CBN Tocantins
ESTADO | 13 de Setembro de 2019
Ação Civil Pública requer que Estado realize concurso para Educação
Foto: Reprodução / TV Anhanguera
Foto: Reprodução / TV Anhanguera

Na ação do promotor de Justiça Edson Azambuja ele argumenta que um levantamento da promotoria demonstrou que até novembro de 2018, a rede estadual de ensino contava com 6.673 contratos temporários, ou seja, 42,40% do quadro funcional.  Assim a Ação Civil Pública  da 9ª Promotoria de Justiça da Capital requer  que o governo Estadual  realize concurso público  para o provimento de no mínimo 5.644 cargos vagos, no prazo máximo de seis meses. Acompanhe os detalhes com a repórter France Santiago.

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre