CBN Tocantins
LAGOA DA CONFUSÃO | 15 de Fevereiro de 2019
Justiça suspende Comissão criada para apurar supostas irregularidades na Prefeitura
Foto: Reprodução / G1
Foto:

A Justiça suspendeu a Comissão criada pela Mesa Diretora da Câmara de Lagoa da Confusão para investigar supostas irregularidades nos contratos de serviços jurídicos da Prefeitura. A decisão é do juiz Wellington Magalhães, da 1ª Escrivania Cível de Cristalândia que acatou o pedido de mandado de segurança do prefeito de Lagoa da Confusão, Nelson Alves Moreira, mais conhecido como Nelsinho Moreira, do PRB. O prefeito solicitou a anulação da Comissão criada por três vereadores de Lagoa da Confusão e que tem como objetivo investigar possíveis irregularidades nos contratos de serviços jurídicos do Paço. A Justiça constatou que a cidade gastou R$ 60 mil por mês com assessoria jurídica no ano passado. Confira os detalhes com a repórter France Santiago.

 

Leia também

Publicidade
Enquete

O que você acha do Escola sem Partido?

  • Sou a favor
  • Sou contra
  • Não conheço o projeto, mas gostaria de saber mais sobre